Perdao, paz, plenitude – custam barato (05/05/2008 – right before my transfer to Mexico)

Forgiveness is not for the others is only for yourself…

When you forgive someone, are you making a favour for the person ?

What do the person think or feel when you forgive her/him ?

What do you feel when you forgive someone ?

Is this feeling better for the person or for yourself ?

What do you think when you do not forgive someone ?

What does the person think when you do not forgive her/him ?

After forgiving someone, from your heart, what do you feel after ?

…the biggest benefit of the forgiveness is the peace that it brings to yourself.

Cada aula de yoga eu tenho aprendido algo diferente, minha professora é um pouco diferente do que eu diria ser uma yoguini, na verdade, isto me fez mostrar que todos são capazes de ser bons instrutores de yoga, importante é o que voce quer passar para os outros!

Minha professora de yoga….

Ao começar a ter aulas com ela, a sua facilidade para entrar nas posições e sua facilidade para falar sobre coisas profundas me encantou e no começo me fez sentir motivada. Ao passar o tempo e ao tentar o máximo seguir seus passos e ter uma dificuldade grande em acompanhar, o desanimo tomou conta e foram precisos 2 anos de desistência e persistência para que eu percebesse que cada um tem seu limite, e foi ao ter aulas nas férias da minha professora, com um professor americano que eu aprendi que para ser uma yogini, não basta entrar fácil nas posições e falar bonito. Que para ser uma yogini, eu posso ter um limite muito menor e não ter a flexibilidade de um guru indiano, mas importante são as crenças, valores e linha de conduta !!

Ao fazer aulas com o Tom e ver como ele é longe de ser flexível, mas aura, sua voz, seu modo de conduzir a aula, enchem a pessoa de paz… até seu studio faz com que você comece a meditar apenas de iniciar as suadações do sol com a foto do pathabi jois te observando na parede! sua

A energia que vem de dentro do coração da pessoa é muito mais importante do que o quanto teu braço alcança ao redor da perna seu dedão do pé….

Ao fazer uma aula em um sábado ás 10:30 da manhã, em plena frente fria durante um verão quente de Budapeste, quando o ar fica quente, mas a brisa esfria tudo, fazendo com que o calor do clima continental fique ameno e gostoso, meu espirito transformou-se, e muitos dos pensamentos esquisitos que originavam  sentimentos estranhos foram dissipando-se. Ao sair da aula, que é em um prédio tipico de budapeste, com apenas 4 andares, que dá em uma praça que ficar ao redor de vários restaurantes e barzinhos que deixam suas mesas no centro da praça, praça que abriga também alguns restaurantes macro bioticos, lojinhas indianas, lojas de cd de meditação, eu parei alguns segundos para sentir aquele clima todo e aquela energia toda… resolvi sem pressa sentar em uma das mesinhas da praça debaixo de uma sombra que uma árvore enorme estava fazendo, e percebi pelo cheiro de terra molhada que havia chovido, o que completou a ambiente perfeito para me fazer sentir a paz enorme que uma aula de 2 horas de yoga pode trazer!!!

Com calma peguei minha revista de yoga e comecei a ler alguns artigos enquanto meu suco de laranja chegava…

Aqueles momentos, aquela paz, aquele cenário, aquele cheiro de terra molhada, emoldurei e guardei no meu coração, para sempre lembrar como as coisas mais simples são aquelas que trazem maior prazer, não paguei mais de 4000 Forintes, 2000 pela aula de yoga e 2000 pelo suco de laranja e salada…. E um valor imensuravel pelos pensamentos de paz e calma e tranquilidade que fui abençoada naquele momento…

Percebi então o proposito da meditação, do pensamento positivo, da nossa vontade de ter paz, sem estar escravo desse desejo, de apenas se deixar levar pela estado de paz, ou qualquer outro sentimento que invade teu coração… Essa plenitude é atingida quantas vezes desejarmos, quantas vezes abrirmos o coração, e nada é necessário, ninguém…

Você, na verdade, só você, sozinho, solitário é capaz de atingir esta plenitude, estando com uma multidão ao redor, ou estando sozinho, mas apenas quando você for capaz de isolar-se e encher-se de paz, paz que traz amor por si mesmo que traz felicidade e assim a plenitutde toma conta de você de uma maneira magnifica, que te faz sentir completo, pleno, cheio e capaz de sorrir por muitos séculos, um sorriso que vem de dentro, um sorriso que não força nenhum musculo da face, um sorriso que se expressa pelos olhos, suaves linhas do rosto, mas pelos olhos, pelo olhar profundo de serenidade !!!!

Nada no mundo paga esse momento, esse sentimento, e se formos capazes além de tudo de transmitir este sorriso para uma segunda pessoa, então essa troca de olhar cheia de plenitude e paz, gera uma energia inexplicável que nada e nem ninguem que não sentiu e viveu pode entender, mas que quem sentiu e viveu entende exatamente o que uma troca de olhar de duas pessoas sentindo-se plenas e completas com uma paz interior que transborda de felicidade…

0 views0 comments